asdasdasd

Ter uma gestão de qualidade na obra pode ser a principal diferença entre bons resultados ou projetos deficitários.

Um gerenciamento adequado também oferece muitos benefícios aos projetos, como você vai descobrir lendo este artigo!

Gestão de Qualidade: 

A Gestão de Qualidade Total nasceu no Japão com o intuito de aprimorar serviços, fidelizar clientes, evitar desperdício, entre outras melhorias.

Espalhando-se pelo planeta, esse conceito passou a ser perseguido por empresas de todos os setores e portes que desejam se manter competitivas em seu mercado de atuação.

Os princípios básicos que norteiam uma gestão de qualidade são:

  1. Foco no cliente: cliente deve se sentir mais do que bem atendido, deve se sentir encantado;
  2. Liderança: líderes devem conduzir a equipe rumo à excelência;
  3. Competência e comprometimento dos colaboradores: todos devem executar suas tarefas de modo eficiente, entendendo que faz parte de um processo;
  4. Abordagem do Processo: deve ser bem elaborado, executado, constantemente aperfeiçoado;
  5. Melhoria: nada é tão bom que não possa ser melhorado: eis o lema da qualidade total;
  6. Decisão pautada em informações: todas as decisões devem  se basear em dados, para ser inteligente e gerar melhores resultados – achismo jamais;
  7. Gestão de relacionamento: envolve o cliente (mesmo após a realização da venda), departamentos, fornecedores.

De modo resumido podemos afirmar que uma gestão de qualidade, inclusive para obras,  deve se pautar em:

  • dados reais e atualizados que permitam decisões assertivas e estratégicas;
  • na correta preparação de todas as pessoas envolvidas em cada etapa do processo – dando-lhes capacitação e autonomia para desenvolver suas tarefas;
  • na resolução de erros, evitando que se repitam e comprometam o resultado final.

Os benefícios da Gestão de Qualidade em sua obra

Gerenciar com qualidade uma obra significa acompanhar detalhadamente cada etapa dos vários processos que envolvem o projeto: do planejamento à entrega do produto.

Mas esse esforço vale a pena em função do benefícios proporcionados. Vamos conhecer os principais a seguir.

1. Aumenta  produtividade

A gestão de qualidade prevê a definição e capacitação de funções, levando a um melhor desempenho e facilitando o acompanhamento de processos, corrigindo gargalos e falhas antes que se transformem em grandes problemas.

Trabalhando com conhecimento adequado, os funcionários ganham em concentração e têm maior foco em suas atividades, minimizando o risco de erros e até mesmo de acidentes.

Outro ponto a ser destacado é que esses colaboradores, conscientes de fazerem parte de um processo maior, trabalham melhor em equipe e sentem-se mais motivados – o que leva, ainda, à diminuição de rotatividade.

Todos esses itens, portanto, levam a maior produtividade!

2. Proporciona processos mais eficazes

Uma das características da gestão de qualidade é usar a tecnologia para acompanhar e controlar todos os processos da obra, facilitando a localização e solução de falhas  que possam comprometer o desenvolvimento do trabalho.

A ausência de um colaborador no canteiro de obras ou a falta de materiais no estoque são dois exemplos clássicos de situações que precisam ser rapidamente identificadas para não ocasionar paradas não programadas e, como consequência, atrasos.

Esse controle também permite:

  • acesso a informações corretas, e em tempo real, permitindo decisões mais inteligentes;
  • melhorar e agilizar a comunicação entre todas as equipes;
  • gerenciar eficazmente o estoque, evitando falta ou excesso de materiais;
  • criar uma conexão entre escritório e canteiro de obras;
  • controlar a presença dos trabalhadores.

3. Reduz custos e evita desperdícios

Como vimos, a gestão de qualidade nas obras permite uma visão abrangente e atualizada de todos as etapas do projeto, bem como de todos os envolvidos. Dessa forma, amplia-se a produtividade, evita-se desperdício – seja de material, de maquinário e mão de obra – e, como consequência, reduz custos.

4. Aumenta a participação no mercado

O adequado gerenciamento de riscos e custos, somados à identificação de oportunidades de desenvolvimento, resulta em uma maior participação de mercado. Também reforça a imagem da empresa, que ganha maior capacidade de reagir às oportunidades do setor.

5. Conquista a satisfação do cliente

Não podemos esquecer que uma gestão de qualidade leva à entrega de produtos melhores e ao respeito a prazos, gerando maior satisfação do cliente, um dos principais objetivos de toda empresa!

Fica evidente que a gestão de qualidade em obras não é opção: é necessidade! Afinal, em um mercado altamente competitivo, buscar meios de melhorar processos, evitar desperdícios e obter melhores resultados é essencial.

Start typing and press Enter to search

Orçamento
Nome *

E-mail *









slide1_framed_building-1200x565steel-framing-placa-osb-perfil-de-aco-perfil-engenheirado-construcao-a-seco-sistema-construtivo-projetar-projeto-arquitetura-engenharia-light-steel-frame-tecnoframe-6